Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pedro Rolo Duarte

16
Mai09

Agarrem-me

Quando andava no Liceu e havia ainda uns momentos mais ou menos político-partidários conflituosos, todos nós, militantes das Juventudes dos Partidos, tínhamos uma atitude facilmente reconhecível:

- Havia os militantes da pancada, que se pelavam por uma cena, nem que fosse para disputar uma caneta perdida...

- Havia os que (como eu...) defendiam que “a violência é o argumento dos incompetentes” e tentavam resolver tudo pelo diálogo, mas não fugiam nem tinham medo. Normalmente, enfardavam...

- Havia os mariquinhas, que desapareciam ao mais leve sinal de confronto...

- Havia os rolhas – que eram aqueles tipos que se mantinham à tona de água, qualquer que fosse a maré. Eram amigos de toda a gente e nunca se comprometiam...

- E havia os mais irritantes de todos: os que reproduziam a piada do “agarrem-me senão eu bato-lhe”. Eram os fiteiros: faziam de conta que eram militantes da pancada, faziam de contam que se passavam, faziam de conta que agiam, faziam de conta em regime militante. Mas queriam mesmo era ser agarrados, para poderem continuar a fazer nada e descansar a seguir...

Lembrei-me deste tipo de figuras do Liceu Camões ontem, quando verifiquei, uma vez mais, que Manuel Alegre é dos que gritam “agarrem-me”. Neste caso é “agarrem-me, por favor, senão eu saio, o que é muito pior para mim”. Não há pachorra.

6 comentários

Comentar post

Blog da semana

Retrovisor. Quem lia A.B.Kotter no velho Semanário habituou-se a gostar de ler José Cutileiro. Neste blog, a escrita é outra, mas continua a ser uma delícia. Pena que o "Expresso", que o tem como colaborador, não lhe dê mais espaço...

Uma boa frase

“Este ano será de vida nova, não por mérito ou culpa própria: nós por cá todos bem. Mas Trump, Brexit, Putin, Estado Islâmico, tudo cada vez mais desigual e cada vez mais perto de tudo, vão meter-nos as novidades pela porta dentro, boas e más. Sobretudo más." José Cutileiro, Retrovisor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais comentários e ideias

pedro.roloduarte@sapo.pt

Seguir

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D