Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pedro Rolo Duarte

01
Jun10

O tempo de todos os encontros?

O projecto “Hotel Babilónia”, que assino há já mais de um ano com o João Gobern na Antena 1 (sob a dedicada atenção da Joana Jorge), tem constituído uma excepcional surpresa permanente e contínua...

Posso estar redondamente enganado, mas o programa e as reacções que ele convoca – ao vivo, ao retardador, pelo Facebook ou pelo blog -, devolveram-me a ideia de uma rádio com gente dentro, de uma rádio mais humana, menos computorizada. E com gente que ouve, em directo ou diferido pela net...

É seguramente um dos meus maiores prazeres regulares, aquele em que entro no estúdio, arranjo a mesa ao meu modo, ponho os papeis com as deixas e dicas que pensei previamente, e ao sinal da Paula Guimarães me atiro de cabeça... Naquelas duas horas, pico-me e deixo-me picar pelo João, embirro com algumas das escolhas do melómano e compenso a embirração com as minhas escolhas pessoais de ouvinte comum (e que gosta de dizer que “só gosta do que já conhece”...), “dou o corpo às balas” no erro, na falta de memória, e nas contradições que fazem de nós seres humanos, e recupero o profundíssimo prazer de comunicar – afinal, o que me tem movido nestas décadas de trabalho e prazer e caos e o “catatau”...

O programa é minimamente preparado por nós – mas não mais do que minimamente, sequência e temas a abordar. Depois, cada um faz o seu trabalho de casa. E tem corrido bem, digo eu, que me vejo complementado (e a complementar) o João nas entrevistas, e no resto, sempre em sistema de “toma lá, dá cá”. Já funcionávamos bem há 25 anos, a coisa só podia melhorar...

E tudo isto para dizer que, muito por causa das redes sociais (nomeadamente o Facebook), da net e da mobilidade geral da comunicação, já demos por nós a assinalar o primeiro aniversário do programa com uma emissão ao vivo no Chiado. E agora, assinalando o “Serralves em Festa”, vamos ao Porto no próximo fim-de-semana fazer a emissão em directo, ao vivo e a cores, a partir da esplanada do Museu de Serralves...

Dá que pensar este facto: é a existência de redes como o Facebook, plataformas como os blogues, e emissões em podcast e rádio na net, que nos convoca para sair de um estúdio e ir ao encontro de quem nos ouve... Quem disse que este era o tempo de todas as solidões? Não será antes o tempo de todos os encontros?

 

Já agora, publicidade a nosso favor: o programa é sábado, dia 5, entre as 10:00 e as 12:00. Na Antena 1, mas na verdade ao vivo a partir da Casa de Serralves. Por lá vão passar João Fernandes, Rui Moreira e Carlos Daniel... E eu e o João prometemos a animação do costume... Quem quiser aparecer, é bem vindo e pode sempre entrar em antena...

3 comentários

Comentar post

Blog da semana

Ladrões de Bicicletas. Voltar a um dos mais clássicos blogues colectivos de análise e pensamento social e político e reencontrar excelentes textos, opiniões pensadas antes de escritas, e o prazer de um bom serão ao sofá a ler. Like.

Uma boa frase

“O centrão político - conservadores, liberais, social-democratas, trabalhistas - anda há mais de vinte anos a liberalizar os movimentos de capitais, a desregulamentar as actividades financeiras, a promover o "comércio livre", menorizando as consequências resdistributivas destas opções. Andaram a promover a ideia de que o mundo é mais bem gerido pela "mão invisível" dos mercados do que pelos poderes democraticamente eleitos. De que é que precisam mais para perceber que este é o resultado da sua globalização: que Marine Le Pen vença as presidenciais francesas?" Ricardo Paes Mamede, Ladrões de Bicicletas

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais comentários e ideias

pedro.roloduarte@sapo.pt

Seguir

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D