Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pedro Rolo Duarte

09
Mar12

(a gritar) ESTOU TÃO FARTO DISTO

A noticia: “A Coca-Cola e a Pepsi vão alterar a composição dos seus refrigerantes eliminando substâncias potencialmente cancerígenas, nomeadamente o 4-metilimidazol (4-MI), que dá às bebidas o tom de caramelo”.

O que me faz gritar que estou farto disto é a ironia da coisa: até a bebida mais simbólica do capitalismo selvagem é apanhada pelo politicamente correcto que tomou conta desse mesmo capitalismo.

Tudo mata, tudo faz mal, e eu começo a perder a paciência para os updates diários do software da nossa vida: hoje os ovos fazem bem ou mal? A sardinha continua na prateleira verde ou já lhe descobriram o ingrediente para mudar para o encarnado e ir fazer companhia à carne de vaca? A dourada é boa – mas se for de “aviário”, parece que é má. Farinheira, sabe tão bem e “diz que” faz tão mal.

E quantos cafés posso beber? Para não abusar no café, bebo descafeinado – “faz pior”, diz logo alguém. Para prevenir diabetes, uso adoçante – “ui, isso é péssimo”, já sei...

E o vinho, continua no verde se bebido “à taxa” de um copo por refeição? De que tamanho pode ser o copo?

Acabei de me informar e confirma-se que o porco é omnívoro, o que significa que na sua alimentação podem entrar bolas de ping-pong, óculos partidos e mesmo cadeiras. A bifana está ameaçada? Não devo comer a minha querida carne de porco à alentejana?

Agora é a Coca-Cola. Por deus, dá para não meterem a Coca-Cola nisto? Podiam fazer o favor de nos deixar em paz (pelo-menos-sobre -uma-bebida-que-já-sabíamos-que-devia-fazer-mal-mas-não-queríamos-que-nos-maçassem-com-o-assunto)?

 

PS _ Disseram-lhe que o leite não era lá muito bom para a saúde dos adultos? Pois esqueça: “Travar ou mesmo prevenir o aparecimento das células malignas responsáveis por alguns tipos de cancro da mama pode passar por um gesto tão simples como beber leite”. Leia o resto aqui. E ria, ria muito. O mundo não está perigoso, está mas é ensandecido...

52 comentários

Comentar post

Pág. 1/5

Blog da semana

Ladrões de Bicicletas. Voltar a um dos mais clássicos blogues colectivos de análise e pensamento social e político e reencontrar excelentes textos, opiniões pensadas antes de escritas, e o prazer de um bom serão ao sofá a ler. Like.

Uma boa frase

“O centrão político - conservadores, liberais, social-democratas, trabalhistas - anda há mais de vinte anos a liberalizar os movimentos de capitais, a desregulamentar as actividades financeiras, a promover o "comércio livre", menorizando as consequências resdistributivas destas opções. Andaram a promover a ideia de que o mundo é mais bem gerido pela "mão invisível" dos mercados do que pelos poderes democraticamente eleitos. De que é que precisam mais para perceber que este é o resultado da sua globalização: que Marine Le Pen vença as presidenciais francesas?" Ricardo Paes Mamede, Ladrões de Bicicletas

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais comentários e ideias

pedro.roloduarte@sapo.pt

Seguir

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D