Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pedro Rolo Duarte

28
Fev08

O empurrãozinho

O meu filho António Maria gosta mesmo muito de ler e de escrever. Inventa ficções, desafia-se a si próprio, devora livros de todos os géneros, e percebeu que uma das formas de ser popular na escola é justamente pela imaginação que coloca ao serviço da escrita nos trabalhos que tem de fazer.
Os amigos e a família costumam dizer que “é natural”: o pai escreve e vive disso, avós de ambos os lados têm ligação à escrita, ele cresceu num universo povoado de palavras e de livros. Aceito o meio ambiente como uma boa almofada. Mas a verdade é que não chega.
Muito por responsabilidade da mãe (o divórcio, nestas coisas, nunca deve toldar o justo reconhecimento...), o António Maria ouve histórias lidas desde muito pequeno, e foi sempre incentivado a ler. Antes de dormir, em viagem, nas férias, na praia, nos jantares de adultos (em que tem de ficar à mesa mais tempo do que a idade aguenta e permite). Há sempre um de nós que se lembra: e livro para ler? E há sempre um livro para ler. Todos os orçamentos podem ser revistos em função de mais um livro. E quando se acabam, como sucedeu o ano passado, no Algarve, em férias, há tempo para uma romagem dedicada à FNAC mais próxima...
Conto isto porque ontem à noite o meu filho deitou-se preocupado: tinha perdido, ou deixado na aula de guitarra, o regulamento de um concurso literário a que o incentivei a concorrer.
Falei-lhe nisto há imenso tempo, e nunca mais me ocorreu o tema. Mas ele, pelos vistos, não só não se esqueceu como pensou no assunto. E aceitou o desafio.
Lá está: é verdade que ele gosta de escrever. Mas também é verdade que fui eu que vi um papel numa estação dos correios e pensei que seria uma proposta interessante para ele.
Ou seja: o António Maria pode ter nascido com talento e gosto - mas há sempre o empurrãozinho que nos cabe a nós, pais, dar no momento certo. O resto, correrá por conta dele e da sua vontade.
Como bom português que é, há mais de um mês que ele sabe do concurso - mas será hoje, penúltimo dia do prazo, que se vai dedicar ao tema. O pai foi à Net, depois dele se deitar, e lá descobriu o regulamento “perdido”. Hoje terá os dados de que precisa para o seu trabalho. Gostar de ler e escrever pode nascer connosco – mas um empurrãozinho, de vez em quando, ajuda muito...
 
PS – Sei que é em cima da hora, sei – mas (também muito) à portuguesa, desafio os meus leitores com filhos a tentarem esta aventura. Tudo o que precisam de saber encontram aqui. Só o tempo escasseia: http://www2.ctt.pt/fewcm/wcmservlet/miniweb/concursoEpistolar/Regulamento.html

5 comentários

Comentar post

Blog da semana

Ladrões de Bicicletas. Voltar a um dos mais clássicos blogues colectivos de análise e pensamento social e político e reencontrar excelentes textos, opiniões pensadas antes de escritas, e o prazer de um bom serão ao sofá a ler. Like.

Uma boa frase

“O centrão político - conservadores, liberais, social-democratas, trabalhistas - anda há mais de vinte anos a liberalizar os movimentos de capitais, a desregulamentar as actividades financeiras, a promover o "comércio livre", menorizando as consequências resdistributivas destas opções. Andaram a promover a ideia de que o mundo é mais bem gerido pela "mão invisível" dos mercados do que pelos poderes democraticamente eleitos. De que é que precisam mais para perceber que este é o resultado da sua globalização: que Marine Le Pen vença as presidenciais francesas?" Ricardo Paes Mamede, Ladrões de Bicicletas

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais comentários e ideias

pedro.roloduarte@sapo.pt

Seguir

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D