Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pedro Rolo Duarte

30
Mar08

Mudança mudada

A mudança praticamente chegou ao fim. Há pequenos resquícios de caixotes aqui e ali, pormenores por acertar, mas o essencial está feito. Da enorme e pesada escrivaninha antiga com fecho de correr em madeira, ao mais pequeno e ínfimo lápis. Passando por toneladas de livros, papeis, jornais, revistas, bocados de uma história que só interessa ao seu autor e (curiosamente também...) actor.
Hoje ainda, mais uma caixa para o armário lá do fundo. O meu filho quis ver e gostou do que viu. Eram, entre centenas, estes bilhetes de espectáculos...
  • Dire Straiys ao vivo em Madrid, 1985 – mega produção que a Polygram portuguesa organizou para assinalar o lançamento do primeiro disco em formato... CD. Justamente “Brothers in Armas”.
  • Leonard Cohen em Cascais, salvo erro em 1984. Um épico da minha vida nocturna. Este ano regressa, mas eu tenho aquela ideia “cota” de “já ter visto”...
  • Trovante no Coliseu em 1984 – um espectáculo em que me envolvi profissionalmente, e que acabou numa madrugada excessivamente alcoólica ali no restaurante dos “Bons Amigos”...
  • Frank Sinatra em Madrid, 1986, Estádio Santiago Bernabeu e uma sombra que pairava sobra a cidade: Sinatra, revelava a imprensa de esquerda, teria sido apoiante de Franco. Ambiente tenso no estádio, bilhetes oferecidos à última hora a polícias e soldados, para compor a moldura humana. Ainda assim, um espectáculo de mestre. Do mestre. O Nuno Miguel Guedes é que lá devia ter estado...
  • Caetano Veloso, um de tantos que vi dele, todos, talvez. Não sei se terá sido desta vez que acabei a noite com Caetano, a mulher, um grupo que incluía o Carlos Gomes e o José Nuno Martins, todos no Sr. Vinho a ouvir cantar o fado...

Encontrar estes bocados de passado é lembrar que à volta da música houve amores, amizades, promessas, teorias, ideias, revoluções, caminhos. Houve de tudo – e ao olhar cada um destes bilhetes, eu consigo recuperar parte dessa memória.
Tenho mais umas centenas de bilhetes e “passes” e “livres-trânsito”. Escolhi alguns que significam para mim mais do que escrevi. Mas o mais interessante é pensar que pedaços de papel, pequenos e frágeis, se arrastam em caixotes, camiões, gruas, de um lado para o outro, numa operação montada com rigor, preparada para ser funcional e prática. Dessa aventura da mudança faz parte a ideia de que estes papeis serão cuidados por profissionais com dedicação e sensibilidade. Como se estes bilhetes – ou folhas de filofax, ou candeeiros sem história - constituíssem, em si, tesouros...

(E não é que são mesmo? Só para mim. Mas são.)

5 comentários

Comentar post

Blog da semana

Ladrões de Bicicletas. Voltar a um dos mais clássicos blogues colectivos de análise e pensamento social e político e reencontrar excelentes textos, opiniões pensadas antes de escritas, e o prazer de um bom serão ao sofá a ler. Like.

Uma boa frase

“O centrão político - conservadores, liberais, social-democratas, trabalhistas - anda há mais de vinte anos a liberalizar os movimentos de capitais, a desregulamentar as actividades financeiras, a promover o "comércio livre", menorizando as consequências resdistributivas destas opções. Andaram a promover a ideia de que o mundo é mais bem gerido pela "mão invisível" dos mercados do que pelos poderes democraticamente eleitos. De que é que precisam mais para perceber que este é o resultado da sua globalização: que Marine Le Pen vença as presidenciais francesas?" Ricardo Paes Mamede, Ladrões de Bicicletas

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais comentários e ideias

pedro.roloduarte@sapo.pt

Seguir

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D