Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pedro Rolo Duarte

03
Mar15

Quando um blog ganha vida

livraria solid.jpg

Conheci a Francisca Prieto por razões que não sei se são boas ou más. Nem interessa avaliar. Num mundo sem doenças, nem falta de apoios, nem capitalismo demasiado selvagem, talvez nunca a tivesse conhecido. Mas, neste caso, ainda bem que assim não foi…
Conheci a Francisca Prieto porque há anos dinamiza acções solidárias de apoio aos que vivem com trissomia 21 - e, entre as muitas ideias que teve, criou um blog onde leiloou livros autografados pelos seus autores. Calhou que a Leya tinha decidido “abater” os restos dos meus livros, e antes que a guilhotina os levasse de vez, trouxe-os para casa. Ofereci imensos (aqui mesmo, no blog), fiquei com uns tantos. Quando a Francisca me abordou, não hesitei e entreguei-lhe umas dezenas deles. Ainda a levei ao Hotel Babilónia.
O tempo passou. Um ano? Dois anos? Não sei. Sei que recebi há meses um mail da Francisca que rezava assim:
“Daqui Déjà Lu, divulgando em primeiríssima mão que está em vias de ser uma livraria a sério, de portas abertas, na Cidadela de Cascais, num espaço fabuloso por cima do restaurante A Taberna da Praça”. Convidava-me para ser um dos padrinhos, o que muito me honrou.
Menos de dois meses depois, a coisa deu-se. Ou como se lê no blog Deja Lu: “Conseguimos a chave do portão da internet e fugimos de rompante para o mundo real. Após vários anos na mansarda da Idónea Bibliotecária, moramos agora no primeiro andar deste edifício espectacular. Vivó luxo”.
O luxo é nosso, de quem pode assistir ao milagre da solidariedade: agora, num espaço lindo e magnificamente decorado (os pormenores dos livros guardados em caixas de vinho, ou dos recantos onde repousam máquinas de escrever antigas e tinteiros da nossa infância, não falando das frases espalhadas pelas paredes, são actos de amor puro aos livros, e à causa que sustenta esta ideia…), existe a Dejà Lu, a livraria de carácter solidário, onde as vendas revertem para o apoio à integração profissional de jovens com trissomia 21.
Três mil livros já lá cantam, muitos mais vão chegar. Os padrinhos da Livraria - entre os quais me incluo ao lado de nomes como os de Mário Laginha, Carlos Vaz Marques, Isabel Lucas, Nuno Artur Silva, Beatriz Batarda, Bruno Nogueira, José António Tenente, Miguel Somsen e Anabela Mota Ribeiro - vão ajudar com escolhas e ofertas e muita divulgação.
Aqui a faço, com gosto, com prazer, e com imenso orgulho: a Francisca é uma mulher linda, de inesgotável energia e sentido de dádiva infinito, a livraria é muito bonita, merece a visita demorada de quem gosta mesmo de livros. E pensar que, comprando, se ajuda quem precisa, pode haver melhor e mais compensador? Não pode.

1 comentário

Comentar post

Blog da semana

Ladrões de Bicicletas. Voltar a um dos mais clássicos blogues colectivos de análise e pensamento social e político e reencontrar excelentes textos, opiniões pensadas antes de escritas, e o prazer de um bom serão ao sofá a ler. Like.

Uma boa frase

“O centrão político - conservadores, liberais, social-democratas, trabalhistas - anda há mais de vinte anos a liberalizar os movimentos de capitais, a desregulamentar as actividades financeiras, a promover o "comércio livre", menorizando as consequências resdistributivas destas opções. Andaram a promover a ideia de que o mundo é mais bem gerido pela "mão invisível" dos mercados do que pelos poderes democraticamente eleitos. De que é que precisam mais para perceber que este é o resultado da sua globalização: que Marine Le Pen vença as presidenciais francesas?" Ricardo Paes Mamede, Ladrões de Bicicletas

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais comentários e ideias

pedro.roloduarte@sapo.pt

Seguir

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D