Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pedro Rolo Duarte

20
Jul12

Provar que eu sou eu

 

Eu nunca quis sair do Facebook. Mas o Facebook quis sair de mim. E saiu. Não sei como se processa a coisa, mas alguém que decidiu perder tempo a moer-me o juízo conseguiu bloquear/desactivar a minha conta. Para voltar a poder ser o Pedro Rolo Duarte que a gestão do Facebook duvida que eu seja, pedem-me cópia do Bilhete de Identidade.

No mail que me enviam, explicam tudo como deve ser e prometem “eliminar permanentemente a tua identificação depois de resolvermos o teu problema”.

Gosto da promessa.

Já gosto menos da facilidade com que duvidam, num mail enviado para mim, que eu seja eu. Mas no fim do processo – não sei quando será, de momento o Facebook dá “não autorizado” -, não deixo de sorrir com a ironia: tal como o Estado faz com os velhotes, também o Facebook exige aos seus aderentes a “prova de vida”. Cada um à sua maneira, têm os mesmos pressupostos: duvidar, duvidar sempre. E por princípio não acreditar. Digamos que não merece um “like”, mas talvez seja a única forma de garantir direitos num mundo tão torto e proteger os cidadãos dos outros cidadãos. A isto chegámos.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    PRD 23.07.2012 22:11

    Costuma dizer-se que o criminoso volta sempre ao local do crime. É quase o caso...
    ... Lendo este comentário assim, vindo do nada, aqui no blog, percebe-se como e quem decidiu moer-me o juízo procurando (e conseguindo) desactivar a minha conta de Facebook. Eu já desconfiava, agora tenho a certeza.
    Pelo caminho, só uma correcção: jamais "pedi amizade" a este tal Cláudio Ramos, pessoa que só conheço de ver na TV (e logo mudar de canal...) a falar da vida alheia.
    Mas confesso: ainda me ri com esta conversa mariquinhas... Às vezes puxa-me o pé para o chinelo, que fazer?!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Blog da semana

    Gisela João O doce blog da fadista Gisela João. Além do grafismo simples e claro, bem mais do que apenas uma página promocional sobre a artista. Um pouco mais de futuro neste universo.

    Uma boa frase

    Opinião Público"Aquilo de que a democracia mais precisa são coisas que cada vez mais escasseiam: tempo, espaço, solidão produtiva, estudo, saber, silêncio, esforço, noção da privacidade e coragem." Pacheco Pereira

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mais comentários e ideias

    pedro.roloduarte@sapo.pt

    Seguir

    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D