Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pedro Rolo Duarte

28
Ago12

Depois do barro atirado à parede

Ora bem: agora que sabemos, em comunicado formal, que a Administração da RTP tem um “mandato de gestão para desenvolver o Plano de Sustentabilidade Económica e Financeira, aprovado pela tutela no final de 2011”, e que esta mesma Administração “manifestou, em tempo oportuno, a sua discordância relativamente” ao cenário de concessão da RTP e fecho da RTP-2, já podemos olhar as palavras do “consultor” António Borges, e por essa via de (pelo menos) parte do Governo, que sugeriu a “solução final” para o Serviço Publico de Rádio e Televisão.

E olhando tudo o que foi dito e escrito, parece óbvio: Relvas mandou atirar barro à parede. O barro foi atirado. Não colou. Volta tudo ao começo. E assim se adia o processo RTP mais uns meses, ou mesmo uns anos. Nada como anunciar grandes mudanças para que tudo fique na mesma.

Por mim, mantenho: Portugal não se pode dar ao luxo de não ter um Serviço Público de Rádio e Televisão sólido, bem pensado, melhor gerido, e profissionalmente executado -  justamente por esta ordem. É melhor assumi-lo no Orçamento de Estado do que escondê-lo em concessões, contratos, negócios e “parcerias” – já sabemos o que estes subterfúgios dão.

Mas é ainda melhor um Governo saber efectivamente o que quer do que andar a viajar na maionese do disparate.  

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Fernando Jorge 31.08.2012

    "Manter a RTP 1 (Canal Estatal de Televisão) especialmente vocacionado para educação cívica, conhecimento e ensino, artes, cultura, recreio e desporto amador de base."



    Concordo... não diria melhor... ficaria contente com uma RTP assim e, provavelmente até a veria mais do que os outros canais.

    Quanto a telenovelas, talkshows (uns mais outros menos pimba), jogos de futebol, etc.. etc... se os outros canais já os disponibilizam, para quê ter isso?

    Ou de outra maneira... quando outros canais PÚBLICOS já disponibilizam algo que se possa considerar serviço público (embora algumas coisas sejam discutíveis), a RTP tem alguma necessidade de concorrer com estes?
  • Sem imagem de perfil

    Marão 31.08.2012

    É verdade. Correr todos os canais a horas do costume e copiam-se uns aos outros de uma forma doentiamente chocante. Como os cientistas comentadores da bola que nos invadem sem dó nem piedade. Ele é o trio de ataque, o dia seguinte, o prolongamento e por aí fora. Parece que ninguém vai ser capaz de pôr mão nisto a sério. e vamos continuar entre outras coisas com aquelas presenças embrutecedoras de treinadores com discursos repetitivamente pacóvios. Ver os bonecos da 2 será a única alternativa.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Blog da semana

    Gisela João O doce blog da fadista Gisela João. Além do grafismo simples e claro, bem mais do que apenas uma página promocional sobre a artista. Um pouco mais de futuro neste universo.

    Uma boa frase

    Opinião Público"Aquilo de que a democracia mais precisa são coisas que cada vez mais escasseiam: tempo, espaço, solidão produtiva, estudo, saber, silêncio, esforço, noção da privacidade e coragem." Pacheco Pereira

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mais comentários e ideias

    pedro.roloduarte@sapo.pt

    Seguir

    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D